Salmo 23 – O que significa? Interpretação

O Salmo 23 da Bíblia é provavelmente o salmo mais conhecido e preferido pelos cristãos, além de ser proclamado como o mais belo do livro sagrado. O salmo foi escrito pelo Rei Davi e expressa toda a confiança que ele deposita em Deus.

É muito comum encontrar passagens desse salmo em casas, os hospitais, estabelecimentos comerciais e até mesmo nos carros.

Na primeira parte do salmo onde David exclama: “O Senhor é meu pastor, nada me faltará. Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes”, nos é mostrada a certeza de que Deus cuida da nossa vida e de todas as nossas necessidades.

Assim como um bom o pastor que leva as suas ovelhas para pastagens e a água, Deus nos conduz e nos proporciona o que é preciso para viver.

Na segunda parte do salmo ‘’Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos. Derramais o perfume sobre minha cabeça, e transborda minha taça’’, Deus é comparado por Davi como uma pessoa bondosa que abre as portas de sua casa para nos receber, preparando um banque para os seus filhos, ou seja, nos dando o melhor que ele tem.

Assim, o Salmo 23 mostra um Deus amoroso, que cuida de cada um de seus filhos, nos conduzindo entre as adversidades e problemas da vida.

Salmo 23

  1. Salmo de Davi. O Senhor é meu pastor, nada me faltará.
  2. Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes,
  3. Restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome.
  4. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois, estais comigo. Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo.
  5. Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos. Derramais o perfume sobre minha cabeça, e transborda minha taça.
  6. A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por todos os dias de minha vida. E habitarei na casa do Senhor por longos dias.