Nossa Senhora de Fátima – História – Aparição – Imagem – Oração

 

Em maio no dia 13 é comemorado o dia de Nossa Senhora de Fátima.

Foi em maio de 1917 que o Papa Bento XV, convocou todos os católicos para fazerem oração a Nossa Senhora de Fátima, isso foi na época da Primeira Guerra Mundial. A intercessão para o fim da guerra e para que trouxesse paz para aquele momento difícil, foi a partir desse momento que começou a história de Nossa Senhora de Fátima.

Foi após oito dias da convocação do Papa Bento XV, veio a resposta das orações feitas que aconteceu a primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima em 13 de maio de 1917, na aldeia de Fátima que é localizada em Portugal.

A aparição foi em um local chamado “Cova de Iria”, a sua aparição foi para: Lúcia, Francisco e Jacinta, os três pastorinhos.

Os três pastorinhos brincavam no campo e cuidavam do rebanho, eles pararam para rezar o terço e foi logo após rezar o terço que viram uma claridade similar ao de relâmpagos, se recolheram, pois pensaram que iria chover e Nossa Senhora de Fátima apareceu e os tranquilizou pedindo que não tivessem medo, pois ela vinha do Céu.

A visão era de Nossa Senhora de Fátima segundo os relatos dos pastorinhos e Ela disse às crianças:

“Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, sempre no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Em seguida, voltarei aqui ainda uma sétima vez.”

E assim aconteceram os sete meses seguidos conforme o prometido.

E antes de ir, Nossa Senhora de Fátima disse: “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo, e o fim da guerra”.

A mensagem que Ela deixou está até hoje, lembrar que Deus existe, nos ama e pode nos salvar desse mundo devastado pela guerra e pela fome.

A oração de Nossa Senhora de Fátima

“Virgem Santíssima,
transbordante da mais pura alegria
pela presença em vós do Verbo Divino Encarnado,
fazei com que, imitando na terra a pureza de vossa Anunciação,
a caridade de vossa Visitação a Santa Izabel,
amor terno a Jesus recém-nascido no presépio,
a humilde obediência com a qual vos apresentastes
no templo de Jerusalém,
possamos merecer também, como vós,
pela solicitude constante em buscarmos a Jesus durante a vida, encontrá-lo definitivamente no templo de Sua Glória Eterna.
Amém”.